sc3a9c-xx-dezembro-1952-aeroporto-ilha-de-santa-maria

A chegada do Pai Natal ao Aeroporto da Ilha de Santa Maria
(Dezembro 1952) © Grupo Facebook Memorias Santa Maria

O Pai Natal divide os homens. Uns há para quem ele representa o coração generoso dos homens bons e rectos, e apenas isso em toda a sua imutável grandeza. Mas outros há para quem ele não passa de um impostor, cuja inexistência (em toda a sua horrorosa evidência) marca os mais inocentes e crédulos, confrontando-os com uma encenação de qualidades afinal duvidosas. O texto completo aqui.

Anúncios