O homem apela

à desobediência civil

porque perdeu o café,

porque o café perdeu os clientes,

porque os clientes perderam o emprego,

porque os clientes perderam os filhos,

porque os clientes perderam a casa,

porque os clientes perderam a saúde,

porque os clientes perderam a dignidade,

e como o homem

a esperança no futuro,

a confiança na democracia,

o amor à vida,

o medo da polícia,

o desejo de viver

e não há mais nada a perder,

só isso.

Anúncios