ontem na RTP1, sobre as promessas populistas feitas em campanha eleitoral pelo actual Governo e sobretudo sobre o que é e para que serve a Constituição de uma Nação, e por que razão a separação de poderes deve ser respeitada: “Nós temos soberania porque temos uma Constituição. O Tribunal Constitucional existe para complicar a vida aos Governos, para limitá-los, para arbitrar e retirar às maiorias políticas a possibilidade de decidir sobre direitos fundamentais e princípios de Justiça. E é por isso que somos um País soberano e não um Protectorado [como Paulo Portas tanto gosta de repetir, a ver se pega].” [1ª parte, mais ou menos ao minuto 45′]

Anúncios