«(…) Angela, chancelerina, se viesses em paz eu podia levar-te à casa de modas Fernandes e Irmão (…) Há-de saber-se que gerações inteiras foram sacrificadas para que uma elite perpetuasse o seu lucro, e que houve um tempo monstruoso em que o dinheiro se impôs à vida, tal como monstruosos nos parecem agora os esclavagistas ou os inquisidores.» por Carla Romualdo, muito bem escrito e muito divertido, e de leitura fundamental no Aventar.

Anúncios